quarta-feira, 1 de outubro de 2008

It's probably me



Diante da minha fragilidade, renuncio aos olhares nefastos e cheios de desencantos. À revelia dos bons sentimentos, encho o meu ser de força e nas mais belas imposturas das minhas emoções, liberto todo meu coração!

1 comentário:

carlos disse...

E é tão bom quando o libertas!