segunda-feira, 29 de setembro de 2008

By Your Side






talvez eu quisesse ser o teu lado mais bonito
a parte da tua história mais repleta, plena
a coisa mais certa
de uma forma tão serena, tão doce
mas que ao mesmo tempo fosse
selvagem e obscena, violenta até.

que o ódio está sempre contido na paixão
e se eu tenho uma paz toda que me enfeita
trago uma casa suspeita dentro do coração

trago um crime que cometi ou que vou cometer
e jogo contra mim, jogo contra ti
vivo do perigo de te fazer enlouquecer
no eterno dilema de ser e não ser
ando na beira do que pode acontecer
e morro de medo de te perder.

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

True colours





As dores amenizam-se,
As feridas cicatrizam-se,
Os desejos realizam-se,
A felicidade é possível!

Fiz da alegria a minha prioridade,
Da esperança a minha certeza,
Do universo a minha grandeza!

E o que resistir a tudo isto como tristeza
Será um detalhe no meio de tanta beleza!!!!

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Auto-Estima




Quando me amei de verdade,
pude compreender
que em qualquer circunstância,
eu estava no lugar certo,
na hora certa.
Então pude relaxar.

Quando me amei de verdade,
pude perceber que o
sofrimento emocional é um sinal
de que estou a ir contra a minha verdade.

Quando me amei de verdade,
parei de desejar que a minha vida
fosse diferente e comecei a ver
que tudo o que acontece contribui
para o meu crescimento.

Quando me amei de verdade,
comecei a perceber como
é ofensivo tentar forçar alguma coisa
ou alguém que ainda não está preparado
- inclusive eu mesma.

Quando me amei de verdade,
comecei a livrar-me de tudo
que não fosse saudável.
Isso quer dizer: pessoas, tarefas,
crenças e - qualquer coisa que
me pusesse para baixo.
A minha razão chamou a isso de egoismo.
Mas hoje eu sei que é amor-próprio.

Quando me amei de verdade,
deixei de temer o meu tempo livre
e desisti de fazer planos.
Hoje faço o que acho certo
e no meu próprio ritmo.
Como isso é bom!

Quando me amei de verdade,
desisti de querer ter sempre razão,
e com isso errei muito menos vezes.

Quando me amei de verdade,
desisti de ficar a reviver o passado
e de me preocupar com o futuro.
Isso mantém-me no presente,
que é onde a vida acontece.

Quando me amei de verdade,
percebi que a minha mente
pode atormentar-me e decepcionar-me.
Mas quando eu a coloco
ao serviço do meu coração,
ela torna-se uma grande e valiosa aliada.

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

O que sou....(continuação)






Eu sou os livros que leio, os lugares que conheço, as pessoas que amo.
Eu sou as orações que faço, as cartas que recebo, os sonhos que tenho.
Eu sou as decepções por que passei, as pessoas que perdi, as dificuldades que superei.
Eu sou as coisas que descobri, as lições que aprendi, os amigos que encontrei.
Eu sou os pedaços de mim que levaram, os pedaços de alguns que ficaram, as memórias que trago.
Eu sou as cores que gosto, os perfumes que uso, as músicas que ouço.
Eu sou os beijos que dei, sou aquilo que deixei e aquilo que escolhi.
Eu sou cada sorriso que abri, cada lágrima que caiu, cada vez que menti.
Eu sou cada um dos meus erros, cada perdão que não soube dar, cada palavra que calei.
Eu sou cada conquista alcançada, cada emoção controlada, cada laço que criei.
Eu sou cada promessa cumprida, cada desgosto sofrido, a indiferença que se formou.
Eu sou o braço que poucas vezes torceu, a mão que a muitas outras se estendeu, a boca que não se calou.
Eu sou as lembranças que tenho, os objetivos que traço, as mudanças que sofrerei.
Eu sou a infância que tive, sou a fé que carrego e o destino que reinventei."

sábado, 13 de setembro de 2008

As Incertezas da vida



Todo o ser humano tem direito e o dever de sentir dor,prazer,amor,ódio e tudo isso apenas no coração.

quinta-feira, 11 de setembro de 2008

The Simple Things




Não me atraem as palavras rebuscadas...
Não me atrai o status do poeta...
Não me atraem as discussões filosóficas e poéticas...
Não me atrai o champanhe sem morangos...
Não me atrai o protocolo do vinho...
Não me atrai a cerveja sem álcool...
Não me atrai o cigarro sem fumaça...
Não me atrai o sexo por obrigação...
Atrai-me a magia das palavras simples...
Atrai-me a audácia do poeta...
Atraem-me as discussões despretensiosas...
Atraem-me os morangos nas borbulhas do champanhe...
Atrai-me o vinho entre amigos, o vinho entre amantes...
Atrai-me o álcool desinibidor da cerveja...
Atrai-me a fumaça de uma boca bonita. Melhor, a boca bonita...
Atraem-me os beijos da boca bonita a transformar em obrigação prazerosa tudo o que tão somente um único beijo pode reacender...

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

Os meus pequenos crimes





É como se tu pudesses invadir a minha alma, decifrar os meus pensamentos, adivinhar o que eu preciso e trazer-me tudo isso com o simples facto de estares presente!
Eu fecho os meus olhos para ver.

SOU A MINHA ALMA, O MEU DESEJO, O INFINITO EM CORES, SOU EU E OS MEUS PECADOS. SOU LIVRE DE MIM SEMPRE DENTRO DE ALGO QUE ESPERO NÃO SER O FIM...

Uma verdade desconhecida

"I don´t wanna be your friend, I just wanna be your love"

Quantas vezes já não vos apeteceu dizer isto a alguém que vos é querido e não tiveram coragem? Pois inspirem-se e quebrem o selo!


sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Alma de Mulher



Nada mais contraditório do que ser mulher...
Mulher que pensa com o coração,
age pela emoção e vence pelo amor.
Que vive milhões de emoções num só dia
e transmite cada uma delas num único olhar.

Que cobra de si a perfeição e vive
a tentar desculpas para os erros,
daqueles a quem ama.
Que hospeda no ventre outras almas, dá à luz
e depois fica cega, diante da beleza dos filhos que gera.

Que dá as asas, ensina a voar, mas que não quer ver partir
os pássaros, mesmo sabendo que eles não lhe pertencem.
Que se enfeita toda e perfuma o leito, ainda
que o seu amor nem perceba tais detalhes.

Que como num gesto mágico transforma
em luz e sorriso as dores que sente na alma,
só para ninguém notar.
E ainda tem que ser forte para dar os ombros
para quem neles precise chorar.

Feliz do homem que por um dia souber,
entender a Alma da Mulher!!!

Para Sempre ( A dedicatória do Dia )

O nosso amor de sempre
Brilhará, p'ra sempre
Ai, meu amor
O que eu já chorei por ti
Mas sempre
P'ra sempre
Vou gostar de ti


terça-feira, 2 de setembro de 2008

Special Needs





Nem a tristeza, nem a desilusão

Nem a incerteza, nem a solidão

NADA ME IMPEDIRÁ DE SORRIR.

Nem o medo, nem a depressão,

Por mais que sofra o meu coração,

NADA ME IMPEDIRÁ DE SONHAR.

Nem o desespero, nem a descrença,

Muito menos o ódio ou alguma ofensa,

NADA ME IMPEDIRÁ DE VIVER.

Em meio as trevas, entre os espinhos,

Nas tempestades e nos descaminhos,

NADA ME IMPEDIRÁ DE CRER EM DEUS. Mesmo errando e aprendendo,

Tudo me será favorável,

Para que eu possa sempre evoluir

Preservar, servir, cantar,

Agradecer, perdoar, recomeçar... QUERO VIVER O DIA DE HOJE

COMO SE FOSSE O PRIMEIRO,

Quero viver o momento de agora

Como se ainda fosse cedo,

Como se nunca fosse tarde. Quero manter o optimismo,

Conservar o equilíbrio,

Fortalecer a minha esperança,

Recompor as minhas energias,

Para prosperar na minha missão

E viver alegre todos os dias. Quero caminhar na certeza de chegar,

Quero lutar na certeza de vencer,

Quero buscar na certeza de alcançar,

Quero saber esperar

Para poder realizar os ideais do meu ser.

ENFIM,

Quero dar o máximo de mim, para viver

Intensamente e maravilhosamente

TODOS OS DIAS DA MINHA VIDA.

Certezas

click to comment

A CERTEZA DE ESTARMOS SEMPRE A COMEÇAR
A CERTEZA DE QUE É PRECISO CONTINUAR
E A CERTEZA DE QUE PODEMOS SER
INTERROMPIDOS ANTES DE TERMINARMOS.

PORTANTO:

FAZER DA INTERRUPÇÃO UM CAMINHO NOVO,
DA QUEDA UM PASSO DE DANÇA,
DO MEDO UMA ESCADA,
DO SONHO UMA PONTE,
DA PROCURA UM ENCONTRO