quarta-feira, 29 de outubro de 2008

* Odeio... Mas não consigo odiar!*



Odeio amar o jeito que olhas para mim
Odeio amar o teu sorriso perfeito
Odeio amar quando tu me abraças
E também odeio sentir-me segura ao teu lado
Odeio ficar feliz quando te vejo chegar
Odeio o teu olhar penetrante
Aquele nos quais me perco a sonhar
Um sonho insensato...
...talvez sem juízo, no qual eu me perco...
...e não consigo voltar...
Odeio perder-me nos teus abraços...
...talvez porque somente por eles eu sinta o teu cheiro...
...e odeio a vontade de não querer soltar-te...
Odeio querer estar sempre ao teu lado
Odeio ficar irritada por alguém que tenta me fazer odiar-te
E são tantas as vezes em que penso
“Que o que mais odeio é não conseguir te odiar
Nem um pouco, nem por um segundo...
... Nem mesmo só por te odiar”

1 comentário:

nuno disse...

Doce piri por onde andas????? Não tens publicado nenhuma poesia....k se passa contigo???? Volta porfavor....:(!!!!!