segunda-feira, 27 de outubro de 2008








Não digas onde acaba o dia.
Onde começa a noite.
Não fales palavras vãs.
As palavras do mundo.
Não digas onde começa a Terra,
Onde termina o céu
Não digas até onde és tu.
Não digas desde onde és Deus.
Não fales palavras vãs.
Livra-te da vaidade triste de falar.
Pensa,completamente silencioso,
Até a glória de ficar silencioso,
Sem pensar.

2 comentários:

nuno disse...

Esta versão é um máximo!!!!!!
Doce piri empre a surpreender a malta....quanto á mensagem...palavras para quê...está tudo ai nessa cabecinha cheia de idéias luminosas e uns caracois lindos.

Luis disse...

Se um dia te disser que já não gosto mais de ti, lembra-te que estou a mentir, enganando-te a ti e enganando-me a mim.