segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Sou...



Mulher em reconstrução,,, aprendiz de bruxa e de fada,sou filha querida, amiga leal e companheira, namorada fiel, sou simples ingénua, sou careta, doce, esperta, segura, tranquila, mimada, sou tudo sou nada. Sou água sou vinho, sou Madonna, sou Madre Teresa, sou louca, sou serena. Sou amendoim com cerveja, sou despachada... Sou champanhe com caviar sou requinte. Sou natural sou água mineral, Geleia com biscoito salgado, sou bolo recheado.

Sou diferente, sou única sou a toa, sou exclusiva sou óptima pessoa... Já fui ninguém, e senti falta de ser o que sou... Sou atrevida, sou de bem com a vida, sou querida, sou detestada, sou rude, sou desejada. Sendo assim sou mais eu, sou menos teoria sou mais prática, sou musa inspiradora, sou canção sou emoção, sou ideias e sonhos.

Possessiva... sou determinada, sou objectiva, sou cristal, sou real, sou sobrenatural, sou o sonho de um e o pesadelo de outro... Sou rife, sou ousada, mas também sou simples, sou uns chinelos havaianas.

Sou brejeira mas também sou chique, sou céu sou inferno, sou brisa suave, sou chuva com tempestade... sou fogo, sou banho de mar...

Sou areia movediça sou terra firme, sou vento nas costas, sou sol que bronzeia... sou sereia, sou recatada. Sou lama, sou sofá mas sou mais cama. Sou borboleta, sou aranha. Sou tentação sou emoção, sou chocolate com licor. Sou saborosa, sou venenosa, sou malícia, sou inocência, sou do jeito que tiver de ser...

Sou detalhista, sou fisionomista, sou amável, sou detestável, sou cigana, sou rapariga bem comportada, sou menina mimada, sou mulher desejada. Sou favo de mel, sou semente de rosa, sou nuvem grande, sou anjo pequeno.

Sou frente, sou verso e o inverso, sou a calma sou a preocupação, sou o gelo do teu uísque, sou coca-cola zero também. Sou toda em mim, sou eu sou alguém sou ninguém... Sou igreja sou bar, sou novela, sou cinema, sou herdade, sou metrópole, sou tapete sou grama. Sou gospel, sou pop, sou rock, sou campónia. Sou violão, sou concerto de opera... sou drama, sou comédia; Então deixem-me ser assim, sou neve, sou ar condicionado no teu frio, sou café da manhã, sou fruta, de todas sou mais maçã.

Sou vício, sou risco, sou delicada, sou do jeito que quiserem, que convier, sou inteira, sou intensa, sou á toa, sou querida, sou boa gente... Sou teste de baliza, sou jogo de cartas, sou carta na manga, sou jogo sério, sou mistério.

Sou única, sou exclusiva, sou chata, sou vermelho, sou olhar fatal, sou lápis nos olhos, sou perfume marcante, sou toalha molhada, sou vampira, sou lábios, sou olhos, caras e bocas. Sou inventada, fui projectada, desenhada.

Sou tudo sou nada, sou começo sou meio, mas não sou fim, tem muita coisa que ainda quero ser... mas com tudo o que vivo, que faço, vou aprender, e quem sabe ainda serei a bruxa ou a fada que lá no início eu citei. Mas mais que tudo quero ser mãe!!!!

4 comentários:

nuno disse...

És a pessoa mais bonita que tiveo previlégio de conhecer.

mário disse...

A vida é feita de dias de chuva e dias de sol, cada um tem seu motivo para existir. Dias de sol tornam a vida mais bela, mas os dias de chuva trazem o necessário para a vida crescer.Tu és isso tudo!

Anónimo disse...

A saudade que eu sinto é só do que não foi.

Anónimo disse...

Mas contemplá-la era amá-la,
Amar apenas ela,e para sempre